× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: gabiethalles

Baixar

Nossa história

Recordar é renovar nossa primeira escolha! Conheça os detalhes da nossa trajetória até esse momento singular da nossa união eterna...

Quando nos conhecemos, há aproximadamente dez anos atrás, não imaginaríamos, nem no mais íntimo dos nossos sonhos, que aquele olhar numa missa, na manhã de um belo dia de domingo, poderia transforma-se, anos mais tarde, na união de duas vidas que, agora, se transformam em uma, através do sacramento do matrimônio.     

E foi quando ela comemorava mais uma primavera, num especial 12 de maio, que ele ouviu pela primeira vez uma voz incomparável entoar uma bela canção que dizia: "...quando ela cai do sofá, so far away...por que não eu? Ah, por que não eu?...".   E, encantado por aquela linda voz, ao ouvir aquela canção, ele parou e pensou consigo mesmo naquele instante, num sutil e ainda incipiente desejo:  por que não eu?  E assim uma semente foi plantada no coração dele, talvez inconscientemente, "...como uma ideia que existe na cabeça e não tem a menor pretensão de acontecer...", de uma maneira que ela sequer pudesse imaginar.  

E, dessa forma, tempos depois, se encontraram, se conheceram, se curtiram pela primeira vez e de maneira despretensiosa, regaram aquela semente original, viveram esse primeiro encontro no auge de sua juventude e deslumbrados com um futuro cheio de possibilidades e incertezas.  Naquela altura, mal sabiam o que queriam de suas vidas.

E os dois seguiram seus sonhos, seus projetos de vida pessoal, se separaram e se encontraram novamente, num segundo momento.  Apenas um pouco mais vividos, mas ainda confusos diante de tantos caminhos a seguir.  E novamente se distanciaram, saíram do aconchego de suas famílias, seguiram seus projetos, tornaram-se independentes, amadureceram, se relacionaram, cresceram e quando tudo parecia improvável, seus caminhos se cruzaram pela terceira e derradeira vez, como duas almas que, independente do caminho que seguissem, iriam se encontrar de qualquer forma, como se fosse a primeira vez, na primeira escolha, naquele olhar da missa, naquela canção de primavera.    

E desse jeitinho tudo aconteceu.  O reencontro definitivo.  A semente que germinou.  O amor adormecido que despertou.  Os jovens que tinham sonhos.  Os sonhos que eram improváveis.  Os caminhos que se reencontraram.  As metades que viraram inteiros.  Os inteiros que se tornaram um.  Essa é a nossa história, em seu pleno auge!  Não uma história marcada por encontros e desencontros, mas uma história de amor marcada por etapas indispensáveis, que nos levaram ao encontro eterno e perene.  Assim somos nós dois!  Com carinho, Thalles e Gabi...